5 motivos para ter um seguro residencial

Um estudo comparativo entre os anos de 2016 a 2018, realizado pela Federação Nacional de Seguros Gerais, FenSeg, mostra um crescimento na porcentagem de residências com seguro. O estudo apontou que houve uma variação de 14,2% entre 2017 e 2018.

Esse aumento, ainda que pouco significativo em relação a seguros como o de automóveis, por exemplo, pode ser explicado pela preocupação das pessoas com a proteção do patrimônio. Nas grandes cidades, como São Paulo, a questão de segurança é o principal fator para a procura de um seguro, em segundo lugar, estão os vários benefícios que o seguro residencial traz além da indenização por acidentes.

Abaixo, saiba 5 motivos porque é importante, e bom, ter um seguro residencial:

 

1 – Relação Custo-Benefício

O valor de um seguro residencial compensa bastante se considerar os custos que seriam pagos para reconstruir uma casa que passou, talvez, por um incêndio ou uma explosão.

Além do mais, o número de benefícios que o segurado pode ter conforme o seguro adquirido fazem o valor do prêmio, ou seja, o valor pago mensalmente, valer muito a pena.

 

2 – Valores acessíveis

Seguros residenciais costumam ter o prêmio mais barato se comparado ao valor da residência e de outros seguros. Para se ter uma ideia, enquanto um seguro auto representa entre 5% e 10% o total do veículo, o seguro residencial é de, no máximo, 1% do valor do imóvel.

Geralmente, o valor da indenização é calculado conforme o custo do metro quadrado de construção do imóvel.

Um exemplo, para uma proteção básica, o valor custa, em média, pouco mais de R$ 300 por ano. Bem acessível, não acha?

 

3 – Ampla Cobertura

Entre as coberturas de um seguro residencial estão as coberturas básicas contra incêndio, seja ele provocado por qualquer motivo, com exceção do doloso, ou seja, intencional.

Também está incluso no padrão básico explosão e queda de raio que danifique bens que forem incluídos no seguro. Lembrando que para haver a indenização, o acidente deve ter ocorrido dentro da área do terreno ou edifício do segurado.

Entre as coberturas adicionais, estão o seguro contra danos elétricos e danos à eletrônicos, acidentes causados por vendavais, granizo, quedas de aeronaves, furacões ou outros desastres naturais. Além de impacto de veículo e fumaça.

Continuando os benefícios, sua residência pode ter cobertura contra furto ou roubo, uma das razões pelos quais muitos proprietários têm procurado as corretoras de seguros.

Outra cobertura que pode ser de grande ajuda é concernente à responsabilidade civil. Nesse caso, existe a cobertura por responsabilidade civil familiar, por danos morais, por prática de esportes, relativa à empregados domésticos e até mesmo direcionada à seu animal de estimação.

 

4 – Serviços de assistência 24 horas

Essa cobertura igualmente têm atraído muitos segurados. Isso porque com o seguro residencial é possível ter assistência 24 horas para aqueles serviços que, muitas vezes, precisamos de alguém especializado para fazer:

  • Chaveiro;
  • Eletricista;
  • Encanador, incluindo serviços hidráulicos, como parar vazamentos;
  • Vidraceiro
  • Limpeza de caixa d’água;
  • Limpeza de calhas;
  • Retirada de entulho;
  • Instalar olho mágico;
  • Conserto de eletrodomésticos como fogão, máquina de lavar louças e de lavar roupas, máquina de secar roupas, micro-ondas, etc.
  • Conserto do telhado;
  • Segurança e Vigilância;

Dependendo da apólice, você pode contar com alguém até para pendurar um quadro na parede, o que quer dizer que fazer um seguro residencial é muito mais que simplesmente proteger seu patrimônio, é ter assistência profissional quando precisar.

 

5 – Rápida indenização

Passar por um desastre é muito ruim. Perder o lugar onde mora, é péssimo. Agora, depois de tudo isso, saber que o seguro vai demorar para pagar a indenização, sendo que o segurado arcou direito com sua parte do acordo, é desesperador.

Felizmente, não é isso que acontece para quem faz seguro residencial. Geralmente, a seguradora paga a indenização em até 30 dias, a partir do recebimento da documentação exigida. Em alguns casos, esse período pode se estender ou ser suspenso, se for preciso novos documentos.

Se a seguradora não cumprir esse prazo, por lei, a indenização deve ser paga com acréscimo de juros e multas.

Muito cuidado com erros na documentação, fraudes, declarações falsas ou omissão de informações importantes à seguradora. Isso pode fazer com que a indenização seja negada.

 

Procure um corretor de seguros especializado

Fazer um seguro residencial é muito fácil e só traz vantagens. Para ter ainda mais benefícios e facilidades na hora de contratar um plano, consulte um corretor de seguros. Um profissional qualificado para orientar o segurado sobre quais seguradoras irão melhor atender às necessidades de cada residência, seja uma casa ou apartamento, seja sua moradia regular ou apenas para veraneio.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *