Coberturas do seguro empresarial

Ter uma empresa envolve investimentos e despesas, que precisam ser feitas para um bom funcionamento, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Um investimento que auxilia a evitar determinadas despesas é a contratação de um seguro empresarial.

O seguro garante indenização em caso daqueles acidentes, que não estavam previstos e que podem significar um alto prejuízo. Incêndio, tempestades, enchente, roubos e furtos, são alguns exemplos de sinistro, que fazem de um seguro empresarial uma necessidade importante para um empresa.

Mesmo assim, poucas empresas contratam um seguro. Dados do Sindicato de Empresários e Profissionais Autônomos da Corretagem e da Distribuição de Seguros do Estado de São Paulo, Sincor-SP, somente 25% das empresas em todo o país estão seguradas.

Se a sua empresa não faz parte dessa porcentagem, é preciso repensar sobre a importância de proteger seus investimentos, e até mesmo seus funcionários, e como ter um seguro é bastante vantajoso.

Ainda segundo a Sincor-SP, muitas empresas não possuem seguro por falta de conhecimento sobre o assunto. Então, continue lendo, conheça as coberturas e saiba mais sobre como um seguro pode ser muito útil para a sua empresa.

Começando com as coberturas básicas, que são garantidas por lei nos contratos de seguro, logo obrigatórias:

 

Incêndio

O Decreto de Lei 73/66 e Artigo 20 do Decreto 61.687/67, coloca como obrigatória a contratação do seguro contra incêndio para as empresas. Ainda que empresários discordem dessa obrigatoriedade, é extremamente importante segurar a empresa em caso de algum acidente ocasionado por incêndio.

Esse tipo de seguro indeniza quaisquer danos materiais causados por incêndio, explosão, e fumaça, tanto para a estrutura física, quanto para mobiliário e mercadorias.

No entanto, é preciso garantir determinadas medidas de segurança para evitar o acidente, como sobrecarregar a energia elétrica, não fazer a manutenção da fiação elétrica

 

Quedas de raios

A cobertura é válida se a queda do raio ocorrer exclusivamente dentro do terreno ao qual a empresa está localizada. A seguradora irá verificar sinais físicos que comprovem o sinistro.

 

Implosão

É preciso se atentar para as condições da seguradora sobre o que está coberto em caso de implosão. Algumas cobrem apenas implosão em caldeiras e vasos de pressão e excluem outros bens.

Além dessas coberturas básicas, existem as adicionais, porém devem ter a mesma importância, exatamente por representarem proteção financeira em diversas situações, que podem acontecer:

 

Responsabilidade Civil

O seguro de responsabilidade civil existe para garantir indenização por danos morais, materiais e físicos ocorridos à terceiros. Em resumo, quando os acidentes dentro da empresa envolvem funcionários ou outras pessoas, o pagamento desse seguro irá arcar com despesas médicas, odontológicas, entre outras.

Esse tipo de seguro tem diversas coberturas e pode ser contratado por empresas de segmentos distintos. Entre as modalidades e segmentos, pode-se citar:

– danos causados à estabelecimentos comerciais ou industriais;

– guarda de veículos de terceiros;

– riscos de contingentes – veículos terrestres motorizados;

– obras civis;

– transporte de mercadoria;

– shopping centers, clubes, feiras, exposições e associações recreativas;

– clínicas médicas, odontológicas, escolas, universidades, drogarias, farmácias e academias;

 

Roubo ou Furto

Se houver assalto à mão armada ou arrombamento, o seguro cobre mercadorias, equipamentos e destruição. Igualmente, cobre em caso de subtração de valores.

O apólice é adaptada conforme as necessidades da empresa. Para estabelecimentos como bares e restaurantes, por exemplo, o seguro pode garantir valores monetários dos clientes. Em academias, bens e valores dos alunos como celular, relógio e carteira, valendo também para hotéis.

 

Danos elétricos

Curtos-circuitos, variações de energia e quedas de raios podem causar problemas à aparelhos e instalações elétricas, trazendo um grande prejuízo à empresa para o reparo e substituição.

Contratando a cobertura de danos elétricos, a seguradora para o valor estipulado, reduzindo e até eliminando a necessidade dessa despesa inesperada.

 

Despesas Fixas e despesas com instalação em novo local

Se um sinistro força a empresa a ser paralisada por um período maior de tempo, ou a mudar para um novo local, a contratação dessa cobertura garante pagamentos de contas fixas ou as despesas necessárias para a mudança.

 

Desastres naturais

Ventos fortes, ciclones, tornado, chuva de granizo, tremor de terra, terremotos, e demais desastres naturais que causem danos à estrutura do imóvel ou bens, como destelhamento, quebra de letreiros, antenas e placas solares, danos à janelas e portas.

 

Equipamentos Eletrônicos, Equipamentos Cinematográficos, Equipamentos Móveis e Empilhadeiras e Estacionários

O seguro garante a cobertura de computadores, impressoras, televisores, que estiverem dentro da empresa e forem danificados durante transporte ou acidente e ainda há a opção de subtração.

Filmadoras, máquinas fotográficas, lentes, equipamentos de áudio e vídeo estão entre os segurados, mesmo em atividades externas. Também há um seguro para equipamentos fotográficos.

Equipamentos móveis e empilhadeiras, que se deslocam por si só, são cobertos em caso de acidentes durante deslocamento. Da mesma forma, podem ser cobertos equipamentos estacionários, ou seja, de uso fixo.

Outras coberturas são desmoronamento, perda do ponto comercial, mercadorias em ambiente frigorífico, delivery, quebra de vidros, tumultos, vazamento de tubulações, entre outras.

 

Contratando o seguro ideal para a sua empresa

Cada empresa tem necessidades únicas, o que faz com que as cláusulas da apólice sejam diferentes. Para saber qual o seguro mais adequado para a sua empresa, o melhor é entrar em contato com um corretor de seguros.

Somente um corretor de seguros pode indicar os melhores planos e orientar sobre as cláusulas, tirando dúvidas. A Ransom Corretora de Seguros tem profissionais experientes, há 21 anos no mercado de seguros, que trabalham com qualidade, transparência, respeito e compromisso.

Como funciona seguro para estagiário

Estágio nada mais é que o aluno colocar em prática o que aprendeu no curso e ao mesmo tempo ingressar no mercado de trabalho. É um período essencial para quem quer adquirir experiência no currículo e na vida profissional, aprendendo os diversos passos da carreira dentro da empresa.

Ser estagiário é desafiador em todos os sentidos, mesmo sem um vínculo empregatício, é preciso mostrar capacidade diante de atividades propostas pelos supervisores, realizar inúmeras tarefas, superar barreiras, ser pouco ou não ser remunerado.

Felizmente, desde 2008, foi promulgada a lei n° 11.788, chamada a Lei do Estágio, que estipulou normas referentes aos direitos e deveres relacionados aos estagiários, às instituições de ensino e às empresas responsáveis pela admissão.

Dos direitos em favor do estagiário está a obrigação da contratação de um “seguro contra acidentes, cuja apólice seja compatível com valores do mercado, conforme fique estabelecido no termo de compromisso”. Sem a indicação do seguro em contrato, o estagiário não pode trabalhar, sendo a empresa penalizada conforme estipulado na lei.

Se o estágio foi oferecido por empresas privadas, o seguro deve ser concedido por ela. Caso a instituição de ensino colocar como obrigatória a experiência como parte de conclusão do curso, cabe a ela essa responsabilidade.

Existe também a possibilidade do seguro ficar a cargo do próprio estagiário. Se essa for a situação, não se preocupe, pois mesmo ganhando pouco, os valores do seguro são bastante acessíveis, seguindo as orientações constantes em lei, e as seguradoras facilitam o pagamento.

 

O que é o seguro para estagiário

O seguro garante ao estagiário proteção contra acidentes pessoais, durante o tempo do estágio, e abrange qualquer lugar do mundo e as 24 horas do dia.

Sobre as coberturas estipuladas por lei que devem fazer parte do seguro estão:

– Gastos com médicos e hospitais decorrentes de acidentes;

– Invalidez permanente total ou parcial;

– Morte acidental.

 

A critério da empresa, outras coberturas podem ser adicionadas, como diária por incapacidade temporária (DIT), descontos em medicamentos, seguro funeral e pode ser estendido para cônjuges e membros da família. Algumas seguradoras apresentam outras coberturas como título de capitalização, assistência a vítima de crime. A vantagem desse seguro é que algumas modalidades podem ser utilizadas em vida.

 

Tipos de seguro

Como é comum nas apólices de seguro de vida, existem dois tipos de seguro, o individual e o coletivo.

A individual é contratada exclusivamente para o estagiário, de acordo com o exigido pela lei e vai tratar dos assuntos pessoais do segurado, podendo inclusive ser feito diretamente pelo estagiário, inclusive o cancelamento. Existem seguradoras que enviam a apólice via internet, por e-mail e até pelo Whatsapp.

O coletivo já é um seguro contratado pela empresa ou pela instituição de ensino e abrange todas as pessoas interessadas, geralmente sendo preciso assinar um termo de adesão ou acordo sobre as cláusulas. Nesse caso, os contratantes ficam responsáveis por quaisquer assuntos relacionados à apólice, incluindo as indenizações e o cancelamento.

 

Como contratar o seguro certo

São muitas as seguradoras que prestam esse serviço e dão cobertura de acidentes pessoais específico para estagiários, mas fica difícil perder tempo avaliando quais cobrem as modalidades adequadas tanto para as empresas, quanto para os contratados.

Para facilitar e ter mais garantia, consulte um corretor de seguros. Um profissional qualificado e bem informado a respeito das melhores seguradoras, que vai orientar cada passo a seguir.

Garanta a segurança da sua empresa

Ter uma empresa é sinônimo de investimento. Investir em material, mão de obra, espaço e, mais ainda, em segurança. Prezar pela segurança da sua empresa é tão importante quanto calcular seus lucros, afinal a ocorrência de algum incidente como assalto ou incêndio pode acabar com todos os esforços para aumentar a produção e as vendas.

Imprevistos podem impactar bastante os negócios já que certos problemas causam atrasos, perda da credibilidade de clientes e fornecedores, atingindo direta e indiretamente funcionários e colaboradores. O gasto se torna muito maior que o valor de uma apólice de seguro.

 

Porque ter um seguro empresarial

Um seguro empresarial não implica somente em segurança, também traz tranquilidade em qualquer imprevisto, seja algo relacionado tanto a estrutura física como avarias no prédio, maquinário ou material – ocasionadas por desastres naturais, incêndios, explosões, panes elétricas, vandalismo – ou roubo, quanto a pessoas como algum acidente envolvendo funcionários ou até mesmo clientes.

A empresa que não tiver cobertura para resolver rapidamente essas ocasiões pode ter um grande prejuízo. Dessa forma, antes de contratar um seguro é importante se atentar as cláusulas da apólice para certificar que abrangem todas as situações relativas à empresa.

 

Tipos de seguro empresarial

Os seguros são divididos entre os de primeira categoria, que são obrigatórios para a empresa funcionar e os de segunda categoria, criados para quem quer ter ainda mais segurança na empresa.

Entre aqueles cujas empresas não podem funcionar sem ter, estão:

– Seguro empresarial para a proteção de patrimônio

Seja qual o for o porte de sua empresa, é imprescindível que ela tenha um seguro que cubra o patrimônio contra riscos. A cobertura básica protege de danos materiais causados por incêndio, explosão ou fumaça, incluindo a estrutura física, o mobiliário e as mercadorias. Uma cobertura adicional garante um seguro danos elétricos, roubo e contaminação de mercadorias.

– Seguro de Responsabilidade Civil

Obrigação de qualquer pessoa é ser responsável por danos causados que venha causar ao patrimônio de terceiros. O seguro de responsabilidade civil reembolsa o valor pago pelo reparo.

– Seguro saúde e odontológico

Uma modalidade que influencia no trabalho dos funcionários, pois cuida da saúde de cada um, trazendo mais segurança e tranquilidade.

– Seguro de Frota

Um seguro importante para a empresa que possui uma frota de veículos, incluindo carros, motos e até mesmo embarcações e transportes aéreos.

– Seguro de Vida

Um benefício a mais que torna o trabalho de funcionários ainda melhor.

– Seguro de previdência privada

Uma garantia de futuro, mais qualidade de vida e segurança.

 

 

Como contratar o melhor seguro

Para contratar o seguro ideal para sua empresa é importante entender a apólice e conhecer todos os assuntos pertinentes. Uma forma de fazer isso bem é procurando uma corretora de seguros, que trabalha com profissionais habilitados para tirar todas as dúvidas e oferecer assistência mesmo antes da assinatura do contrato até no caso de um sinistro.

A sugestão é entrar no site da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) e conferir se o corretor tem registro no órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro.