Como proteger seus bens nas férias

Sair de férias realmente é muito bom. Viajar para outro lugar, então, é melhor ainda. No entanto, muitas pessoas ficam receosas em se ausentar e precisar deixar seus patrimônios sem proteção por determinado tempo.

A preocupação infelizmente é fundamentada nas estatísticas de furtos. Dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo mostraram um crescimento de 11,6% de furtos residenciais em janeiro de 2019, quando comparado ao mesmo período de 2018.

Outra coisa que causa um pouco de inquietação é em relação a pequenos acidentes, como curtos-circuitos, escape de gás, entre outros problemas que podem resultar em incêndios, por exemplo.

Mas antes de cancelar ou encurtar a sua viagem por medo de que algo possa acontecer aos seus bens, saiba que existem pequenas precauções que asseguram uma maior proteção enquanto você, sua família, amigos e quem mais estiver viajando.

São ações muito simples, que assim como a sua viagem, devem ser feitas com antecedência. Por isso, pegue papel e caneta ou baixe um aplicativo no celular para anotar o checklist abaixo e não se esquecer de verificar nada.

 

Contrate um seguro para os seus bens

Antes mesmo de planejar as férias, conversar com um corretor de seguros a respeito dos melhores seguros para seu imóvel, carro, empresa, é uma forma de garantir uma proteção financeira em caso de incêndio, queda de árvore, furto e outras coberturas estipuladas em apólice.

O valor do seguro é pequeno e vale muito pela tranquilidade de ir para as férias e realmente aproveitar cada momento, sem ficar pensando se tudo está bem. Por isso, para não correr o risco de estragar seu tempo de relaxar, coloque como o primeiro item da lista de coisas a fazer.

O ideal é fazer isso meses antes, para poder discutir as cláusulas da apólice, tirar todas as dúvidas com o profissional, escolher o melhor seguro e deixar tudo organizado de verdade.

Conte com um corretor da Ransom Corretora de Seguros para ter o melhor seguro. Feito isso, já é possível seguir com as outras medidas de segurança:

 

Dicas para proteger seus bens durantes as férias

 

Não divulgar suas férias

Mesmo que a vontade seja sair por aí contando para todos e divulgando nas redes sociais as tão sonhadas férias, é bem mais seguro somente contar para pessoas de confiança.

Evite publicar fotos em redes sociais ou comentar algo a respeito em lugares públicos próximos à sua casa, onde algum estranho possa ouvir e identificar o local que estará vazio.

 

Avisar pessoas de confiança

Vizinhos, famílias e amigos podem auxiliar para observar a casa ou loja e avisar a polícia em caso de qualquer movimentação estranha. Se achar conveniente, deixe a cópia da chave com alguma dessas pessoas e combine delas entrarem na casa em horários distintos e ligar luzes ou algum aparelho.

Isso também funciona para o cuidado de plantas, quintais onde caem muitas folhas e animais de estimação que não podem ser levados junto na viagem. Uma pessoa confiável pode molhar as plantas periodicamente, tirar o excesso de folhas de pontos estratégicos e cuidar dos animais.

 

Organizar tudo com discrição

Ao fazer as malas, levar para o carro ou, se for o caso, levar até o motorista, procure fazer tudo com o máximo de discrição. Quanto menor a evidência de que a casa ou loja ficará sozinha, menor a propensão à assaltos. Observe estranhos ao redor do imóvel.

 

Apagar as luzes ou usar temporizadores

Muitos acreditam deixar as luzes de um determinado cômodo aceso ser uma forma de proteção, porém luzes que não se apagam de dia são um sinal para ladrões.

Se as pessoas de sua confiança não puderem ir até a sua casa ou loja, o uso de temporizadores, que devem ser programados para acender luzes ou ligar aparelhos durante à noite e desligarem na madrugada, conforme programados, são uma alternativa.

 

Desligar aparelhos da tomada

Meses de verão costumam ser mais chuvosos. A incidência de danos elétricos é 10% maior nessa época e curtos-circuitos podem acontecer quando ninguém está olhando. Por essa razão, verifique todas as tomadas e desconecte o máximo de aparelhos. Deixando apenas aqueles programados com temporizador.

 

Desligar a campainha e o telefone

A campainha tocando em horas diversas do dia sem que ninguém atenda é chamariz para os bandidos. Se ela não toca, fica mais difícil saber se há ou não alguém em casa.

As chamadas telefônicas devem ser encaminhadas para outro telefone, evitando assim que ele toque por muito tempo sem que alguém atenda.

 

Fechar registro de água e gás

Essa ação evita alagamentos e vazamentos, que podem causar explosões, além de resultar em economia durante o período em que não estiverem sendo usados.

 

Não deixar o imóvel ou empresa com aparência de vazio

Cortinas ou persianas totalmente fechadas, acúmulo de correspondências e demais aspectos que demonstrem que o local está vazio. Em caso de ainda ter uma assinatura de revista ou jornal ou se houver um encomenda programada para esses meses, entre em contato com a empresa de entregas e solicite a interrupção temporária do serviço.

 

Conferir a tranca de janelas, porta e portões

Verifique se todas as janelas estão bem fechadas, se não há algum problema com as travas das portas e se os portões foram devidamente fechados antes de sair em viagem. Reforce as fechaduras.

Dê uma atenção especial às portas e acessos dos fundos do imóvel, que costumam ser os mais usados para arrombamentos.

 

Não deixar dinheiro ou joias dentro do imóvel

O melhor é que dinheiro e objetos menores de valor, como joias, sejam colocados em um cofre ou, de preferência, deixados em um banco. As seguradoras podem negar a indenização se for averiguado que não havia proteção adequada.

 

Investir em tecnologia de segurança

Especialmente para quem quer proteger a empresa, equipamentos de segurança como câmeras, alarmes e circuitos fechados são importantes. Da mesma forma, a contratação de um vigilante através de uma empresa idônea.

Para quem é proprietário de uma residência, um sistema de segurança mais simples também pode ser instalado e ajuda muito se houver um esquema de vizinhança solidária.

 

Faça uma boa viagem

Feito o checklist e garantindo todos esses cuidados, só resta desejar uma ótima viagem!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *