Por que Novembro Azul?

Se no mês de outubro o mundo fica cor de rosa, em novembro, é a vez da cor azul entrar em destaque. É o momento de conscientizar a população masculina a respeito da importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

A doença é considerada o segundo tipo mais comum de câncer que acomete homens, com cerca de 14 mil óbitos anualmente. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, INCA, em 2018 a estimativa é de 68.220 novos casos, somente no Brasil, o que corresponde uma média de 66,12 casos para cada 100 homens.

A preocupação com a campanha é ainda maior, isso porque existe um forte preconceito em relação ao exame do toque retal para a detecção da doença. Infelizmente, os homens vivem 7 anos a menos do que as mulheres por não atentarem para a saúde com base em um pensamento errado sobre masculinidade.

A campanha é exatamente para reforçar e alertar a relevância do homem se cuidar. O tratamento tem até 90% de chances de resultados positivos quando feito precocemente.

 

Movember

O movimento mundial que deu origem à campanha surgiu na Austrália, em 2003, quando um grupo de 30 amigos teve a ideia de deixar o bigode crescer, o que não fazia parte da moda na época, com o objetivo de chamar a atenção para o problema da saúde masculina.

O nome em inglês Movember vem da junção de duas palavras, moustache (bigode) e november (novembro). A ação do pequeno grupo se transformou na Movember Foundation, uma instituição de caridade sem fins lucrativos, que levanta fundos para pesquisas e apoio à causa.

A ideia principal é que os homens, chamados de Mo Bros, deixem o bigode crescer durante todo o mês de novembro, e o doarem o valor que não gastaram no barbeiro ou para tirar o bigode. As mulheres também são convidadas a fazerem parte da causa, as Mo Sisters. Atualmente, são mais de 5 milhões de participantes.

 

#Azultitude

Organizada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), a campanha Novembro Azul no Brasil também tem a mesma finalidade da Fundação australiana, isto é, realizar ações para conscientizar os homens.

O Instituto foi fundado em 2008 e a primeira campanha para a causa surgiu em 2011. Sempre com o foco em incentivar os brasileiros para hábitos saudáveis de vida e a busca do diagnóstico precoce e a realização dos exames. É preciso ter atitude e passar a notícia para frente.

Além de doações, o Instituto abre espaço para voluntários, empresas parceiras, apoia e participa de ações, indo até escolas, comunidades, unidades de saúde, associações e organizações e disponibilizando pesquisas e materiais informativos.

 

O que é o câncer de próstata e sintomas

O câncer é uma multiplicação desordenada das células. Na próstata, esse crescimento acontece de forma lenta e a evolução é silenciosa, sendo somente diagnosticado após exame.

No estágio inicial, os sintomas podem ser confundidos com outros problemas como o crescimento benigno da próstata. Já no estágio avançado, sintomas mais sérios aparecem.

Os sintomas mais aparentes são:

– dificuldade de urinar

– sensação de ardor ou dor ao urinar

– ida frequente ao banheiro, até mesmo à noite

– urinar pouco todas as vezes

– disfunção erétil

– sangue na urina ou sêmen

– dor no quadril, costas, coxas, ombros ou ossos

– fraqueza ou dormência nas pernas ou pés

 

Fatores de risco

O câncer pode acometer todos os homens, no entanto, alguns fatores que aumentam o risco de desenvolver a doença. Entre eles:

– Hereditariedade

Um parente de primeiro grau que já teve a doença

– Raça

A incidência é maior em homens negros, de ascendência africana e caribenha.

– Idade

Foram registrados mais casos de câncer em homens com idade superior a 50 anos, com 60% com mais de 65 anos.

– Obesidade

Excesso de gordura corporal aumenta o risco de ter diversas doenças

Fatores que podem estar relacionados ao risco de adquirir a doença, mas que ainda não foram realmente confirmados são tabagismo, doenças sexualmente transmissíveis, exposição à compostos químicos como arsênio, aminas aromáticas, fuligem e dioxinas e até o consumo excessivo de alimentos com altos níveis de cálcio.

 

Diagnóstico e tratamento

Esse é o principal entrave para muitos homens deixarem de detectar a doença em estágio inicial. Apesar das muitas especulações, o exame é rápido e indolor, em 10 segundos o médico tem o primeiro diagnóstico.

Mesmo assim com todas as informações e campanhas, muitos não querem realizar o toque retal por preconceito, porém essa é a forma mais segura para o se examinar anormalidades.

Outros exames importantes, principalmente para descobrir o estágio da doença, são a dosagem de PSA (antígeno prostático específico), biopsia, ultrassom transretal e cintilografia óssea.

O tratamento depende da localização e do estágio da doença. Cirurgias, radioterapia,             terapia hormonal e até mesmo observação vigilante são alguns métodos decididos entre médico e paciente.

 

Seguro de vida tem indenização para diagnóstico de câncer

Se o Novembro Azul é a campanha para a prevenção, ter um seguro de vida faz parte de se prevenir contra possíveis imprevistos da vida. Uma doença como o câncer é algo que ninguém espera ou quer ter, por isso além dos exames de próstata, é importante ter condições financeiras para se tratar.

O seguro saúde e o seguro de vida dão cobertura para realizar as consultas médicas, os exames e indenização em caso de invalidez temporária ou permanente. Assim, você pode ficar tranquilo para cuidar da sua saúde e ter um respaldo financeiro para sua família.

Para saber mais sobre esse e outros seguros, fale com um corretor de seguros da Ransom Corretora.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *